Fortaleça o Sindicato

Cadastre seu Nome e e-mail e receba a resposta em seu e-mai como fortalecer a Entidade que te representa:

Seu Nome

Seu e- mail


Você está aqui: Home › Colunas › Noticias
Noticias

E-mail:

Veja mais em " Noticias " [veja todos]
26/10/2017
CRISE FINANCEIRA

Crise financeira nas entidades sindicais: que fazer?

O momento atual exige que as entidades, simultaneamente, planejem estrategicamente, aprofundem a compreensão de suas finanças relacionando-as com os objetivos estratégicos, façam adequações mantendo princípios de solidariedade com dirigentes e funcionários, aumentem suas receitas principalmente focando na sindicalização e na formação dos dirigentes, dos funcionários, dos militantes sindicais e dos trabalhadores em geral.

Augusto César Petta*

As entidades sindicais estão com atenção voltada para enfrentar o golpe violento desferido pelo capital contra o trabalho, por meio da chamada Reforma Trabalhista. As forças do capital introduziram na legislação o fim da contribuição sindical e, por meio do STF, impediram o desconto das taxas assistencial e confederativa dos não filiados. Aprofunda-se assim, uma crise reestrutural, desemprega, precariza condições de trabalho, dificulta ao máximo a ação sindical.

O CES tem debatido — por meio de cursos e palestras, nos convênios que mantem com a CTB e outras entidades — essa crise financeira. No início de outubro, por convênio com Apropuc de Campinas, Seaac e Sinpro Campinas e Região, foi realizada palestra com o assessor técnico do Dieese Victor Pagani, tendo como tema “Administração Sindical em Tempos de Crise — formas de enfrentamento”.

 

Sem ter a pretensão de ter propostas definitivas para o enfrentamento da crise atual, relacionamos algumas que, se aplicadas, poderão trazer bons frutos: